Quinta, 04 Dezembro 2014 00:00

Sintesam cobra da Reitoria da UFAM reunião da mesa permanente de negociação

Avalie este item
(0 votos)

O Sintesam (Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Superior do Estado do Amazonas) encaminhará, nesta semana, ofício a Reitoria da UFAM (Universidade Federal do Amazonas) cobrando agendamento e realização das reuniões da Mesa Permanente de Negociações sobre o processo de implantação da jornada de 30 horas de trabalho na UFAM. A decisão foi aprovada pelos técnico-administrativos da UFAM, na assembleia geral da categoria, realizada no último dia 28 (sexta-feira).

Na assembleia também foram aprovados os nomes dos delegados que vão representar a categoria na Plenária Nacional da Fasubra que vai discutir e aprovar o regimento interno do 22º Confasubra (Congresso da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativo em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil), entre outros pontos de pauta como Campanha Salarial 2015, avaliação das negociações com o governo, aprovação de contas de 2013 e primeiro semestre de 2014, e recomposição da direção nacional da entidade. A plenária vai acontecer neste final de semana, em Brasília, nos dias 5,6 e 7. Os delegados do Amazonas são José Nilton Pereira, Francisco das Chagas Parente de Araújo Júnior, Miguel Ângelo Costa Antony e Crizolda Assis de Araújo.

Quanto à Mesa Permanente de Negociações para discutir o processo de implantação da jornada de 30 horas e trabalho na UFAM, a Coordenadora geral do Sintesam, Crizolda Araújo, explicou que a Reitoria da Universidade acatou a reivindicação da categoria, encaminhada na forma de abaixo-assinado à Administração Superior da UFAM. À época, a reitora Márcia Perales Mendes da Silva informou, por meio de ofício, o agendamento, pela Administração Superior, de uma reunião realizada no dia 23 de outubro com a finalidade de diálogo sobre o assunto.

A Reitoria baixou a portaria 3318/14, em 7 de novembro, designando os nomes dos membros integrantes da mesa de negociações. Contudo, nenhum encontro foi realizado até o presente momento, o que levou a direção do Sintesam a propor o encaminhamento de novo ofício à Administração Superior da Universidade cobrando a realização imediata das reuniões.

O terceiro ponto de pauta da assembleia foi o anuncio da eleição da chapa Transparência e Luta, no pleito para escolha do Conselho Fiscal do Sintesam, realizado em 25 de novembro. A chapa única, empossada no último dia 27, tem como titulares Hélio Braz da Silva (UEA), Cristhiane Martins Lima e José Nilton pereira da Silva (ambos UFAM), os suplentes são Maria Cleide Sanches Braga, João da Silva Araújo e Erika Miranda Maciel (UFAM).

A eleição do Conselho Fiscal foi coordenada pela Comissão Eleitoral que teve como membros Ana Grijó dos Santos (presidente), Ana Cristina Pereira Rodrigues (secretaria), e os membros Marcos Antônio de Queiroz e Luiz Carlos Bonates de Oliveira, um representante da chapa e o suplente Francisco Viana do Nascimento.

Lido 1037 vezes Última modificação em Quinta, 04 Dezembro 2014 10:54

Compartilhe